terça-feira, 1 de julho de 2008

Pagamento por sub-rogação

A sub-rogação é entendida como a substituição do credor, arts. 346 e seguintes do CC.

Para simplificar, imaginemos a seguinte situação:

Mévio deve mil reais a Tício.

Aí, aparece o Caio, cheio da grana, e paga a dívida de Mévio.

Tício fica contente da vida, pois como tem um dinheirinho sobrando, pode viajar com a namorada no final de semana.

O Mévio, coitado, continua na mesma, mas agora não deve mais pra Tício, e sim para Caio, que agora tá querendo receber!

Nesse caso aconteceu a sub-rogação, ou seja, houve a substituição do credor, Caio substituiu Tício.

Fácil assim! Claro que há outros aspectos, mas o básico é isso aí!

(A deve para B. C paga B. A deve para C.)


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails